BC: País recebe US$ 571 mi na 2ª semana de agosto

O fluxo cambial do Brasil continuou positivo na segunda semana de agosto. Dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC) mostram que o País recebeu US$ 571 milhões entre os dias 9 e 13 de agosto. No acumulado do mês até o dia 13, o saldo é positivo em US$ 2,362 bilhões. O movimento de ingresso de dólares continua sendo liderado pela conta financeira, onde são registradas operações para compra e venda de ações, títulos de renda fixa, empréstimos internacionais, investimento produtivo e remessa de lucros, entre outras.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

18 de agosto de 2010 | 13h07

Por essa via, o Brasil recebeu US$ 267 milhões na semana passada, fruto de entradas de US$ 4,770 bilhões e saídas de US$ 4,504 bilhões. No acumulado dos 13 primeiros dias de agosto, o saldo dessa conta está positivo em US$ 2,649 bilhões.

Pela conta comercial, o saldo das exportações e importações trouxe US$ 305 milhões para o País na semana passada. O resultado está ligado às vendas ao exterior de US$ 3,438 bilhões e às compras de US$ 3,134 bilhões. Apesar do saldo positivo semanal, o acumulado do mês segue no vermelho, com déficit de US$ 286 milhões.

No acumulado do ano até o dia 13 de agosto, o fluxo cambial é positivo para o Brasil em US$ 6,438 bilhões, sendo que a conta financeira contribuiu com a entrada de US$ 6,289 bilhões e o segmento comercial registrou ingresso de US$ 149 milhões.

Reservas

A compra diária de dólares realizada pelo BC aumentou as reservas internacionais em US$ 1,223 bilhão na semana passada. Na média, os leilões realizados pela autoridade monetária elevaram diariamente as reservas em US$ 245 milhões. A média é a maior do ano de 2010. Em julho, por exemplo, a compra diária foi de US$ 68 milhões. Antes, a cifra era de US$ 91 milhões em junho e de US$ 199 milhões em maio. No acumulado das duas primeiras semanas de agosto, as reservas aumentaram US$ 2,374 bilhões, considerando as compras de dólares realizadas pelo BC.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarfluxo cambialBrasilBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.