BC: País tem saída de US$ 1,768 bi no mês até o dia 11

O fluxo cambial acumulou saída líquida de US$ 1,768 bilhão no acumulado de setembro até o dia 11. Segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC), o resultado é o oposto do observado em igual período de setembro do ano passado, quando o País havia recebido US$ 4,179 bilhões.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

16 de setembro de 2009 | 13h02

De acordo com o BC, a saída de dólares em setembro de 2009 está sendo liderada pela conta comercial, que apresentou déficit de US$ 1,491 bilhão no período. Essa cifra foi gerada por importações totais de US$ 5,142 bilhões e exportações de US$ 3,651 bilhões. No segmento financeiro, houve uma saída líquida de US$ 277 milhões no período. Esse valor é resultado de saídas totais de US$ 9,667 bilhões e ingressos totais de US$ 9,390 bilhões.

No acumulado do ano até 11 de setembro, o fluxo cambial registra ingresso líquido de US$ 5,125 bilhões. Esse valor foi gerado pelo superávit de US$ 9,843 bilhões da conta comercial, um valor mais que suficiente para compensar a saída líquida de US$ 4,718 bilhões da conta financeira. Em igual período do acumulado do ano de 2008, o Brasil havia recebido US$ 18,564 bilhões, conforme dados do fluxo cambial.

Tudo o que sabemos sobre:
fluxo cambialBanco Central

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.