BC passa a prever déficit nas contas externas em 2008

O Banco Central alterou as projeções para as contas externas de 2008 e passa a projetar déficit em conta corrente para o próximo ano. Conforme nota divulgada hoje, a expectativa do BC passou de um superávit de US$ 3,2 bilhões para um déficit de US$ 3,5 bilhões. Para 2007, o BC espera superávit de US$ 2,4 bilhões, ante projeção anterior de US$ 7,8 bilhões.No documento divulgado hoje, o BC revisou para cima a projeção para as exportações em 2008, que devem somar US$ 172 bilhões, ante expectativa anterior de US$ 167 bilhões. Já as importações, o BC acredita que devem somar US$ 142 bilhões, ante projeção anterior de US$ 133 bilhões. Assim, o ano deve terminar com saldo comercial de US$ 30 bilhões, ante projeção anterior de US$ 34 bilhões.Remessas de lucrosAs remessas de lucros e dividendos em novembro somaram US$ 2,131 bilhões, informou hoje o Departamento Econômico do BC. O valor ficou ligeiramente abaixo do resultado de outubro, quando foram enviados ao exterior US$ 2,201 bilhões.No período de janeiro a novembro, as remessas acumularam US$ 18,116 bilhões, valor acima do registrado em igual período do ano passado, quando foram enviados US$ 13,273 bilhões.Em novembro, o BC também registrou o gasto de US$ 340 milhões com juros da dívida externa no mês. O valor ficou ligeiramente superior ao gasto de US$ 331 milhões observado em outubro. No período de janeiro a novembro, a despesa atinge US$ 6,782 bilhões, inferior ao gasto de US$ 10,262 bilhões registrado em igual período de 2007.Dívida externaA dívida externa total do País atingiu em novembro US$ 196,205 bilhões, de acordo com os dados estimados pelo BC. Em setembro, último dado fechado, a dívida externa era de US$ 195,331 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.