BC prevê déficit em conta de US$ 3,8 bi em setembro

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Altamir Lopes, informou hoje que a projeção da instituição para o déficit em conta corrente em setembro é de US$ 3,8 bilhões. Ele disse ainda que, em setembro até hoje (dia 21), o fluxo de investimentos estrangeiros para o Brasil é de US$ 2,1 bilhões. A previsão é de que o fluxo encerre o mês com saldo positivo de US$ 2,7 bilhões.

FABIO GRANER E FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

21 de setembro de 2010 | 11h45

Em entrevista coletiva sobre os dados das contas externas, informados mais cedo, Altamir disse que o crescimento do déficit em conta corrente é gradual e não possui uma trajetória explosiva. Segundo ele, esse movimento está relacionado, principalmente, à expansão da economia brasileira em um ritmo mais acelerado que o de outros países.

O BC projeta para 2011 um déficit na conta corrente de US$ 60 bilhões, o equivalente a 2,78% do Produto Interno Bruto (PIB). Para 2010, o déficit previsto é de US$ 49 bilhões, ou 2,49% do PIB. Em 2009, o déficit em conta corrente foi de US$ 24,302 bilhões, o correspondente a 1,54% do PIB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.