BC projeta inflação perto da meta no 1º semestre de 2013

A ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), divulgada na manhã de hoje, informa que a projeção do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2012 no cenário de referência permaneceu estável, mas acima do centro da meta de inflação, de 4,5%. O cenário de referência leva em conta as hipóteses de manutenção da taxa de câmbio em R$ 1,60 e da taxa Selic em 12,25% ao ano. Nesse cenário, a projeção para a inflação de 2011 se elevou "ligeiramente" em relação ao valor considerado na reunião do Copom de junho e também se encontra acima do valor central da meta.

ADRIANA FERNANDES E FABIO GRANER, Agencia Estado

28 de julho de 2011 | 11h02

No cenário de mercado, que leva em conta as trajetórias de câmbio e de juros coletadas pelo Banco Central junto a analistas, a projeção para 2012 também se manteve estável e acima do centro da meta. Já para 2011, a estimativa teve uma ligeira elevação e se encontra também acima do centro da meta.

Para o primeiro semestre de 2013, a projeção de inflação teve elevação no cenário de referência. Mas permaneceu estável no cenário de mercado, posicionando-se ao redor do centro da meta em ambos os casos.

Em um cenário alternativo, a projeção de inflação se encontra acima da meta para 2011 e para 2012, e em torno da meta no primeiro semestre de 2013. O cenário alternativo leva em conta a manutenção da taxa de câmbio, no horizonte relevante, em patamares semelhantes aos observados no passado recente.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoBCataCopom

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.