BC: proposta para tarifa bancária é de reajuste periódico

O diretor de Normas do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, explicou hoje que a proposta de regulação das tarifas bancárias pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) inclui a definição de uma periodicidade para o reajuste dos valores cobrados. "Isso é semelhante ao que acontece na contratação de alguns serviços, como o aluguel de imóveis", disse o diretor, referindo-se ao fato de que os contratos de locação já estabelecem o período de sua vigência, ao fim da qual será feito ou não um reajuste.Tombini deu a informação ao deixar a Câmara dos Deputados, onde participou, na Comissão de Defesa do Consumidor, de uma audiência pública sobre cobrança de tarifas bancárias. Tombini disse que não estava falando em congelamento temporário dos reajustes de tarifas e sim na fixação de uma "periodicidade" para a fixação de novos valores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.