BC recupera R$ 2,2 bi da venda do Econômico

O Banco Central (BC) conseguiu reaver R$ 2,2 bilhões com a venda de ativos do Banco Econômico sob liquidação extrajudicial. A transferência dos recursos já foi efetuada na quarta-feira da semana passada, e permitiu uma redução da dívida do Econômico com o BC de R$ 9 bilhões para cerca de R$ 6,8 bilhões. O ex-controlador do banco, Ângelo Calmon de Sá, recorreu à justiça e obteve do juiz da 6 ª Vara da Justiça Federal de Brasília, Renato Pinheiro Filho, uma liminar em que se determina a reversão da transferência. O BC, por sua vez, deverá recorrer ainda hoje ao Tribunal Regional Federal (TRF) contra a liminar para a garantir a transferência e a redução do volume de créditos contra o Econômico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.