‘BC só tem a alternativa de manter juro alto’

Márcio Garcia, professor da PUC/Rio

O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2016 | 05h00

“O que é peculiar ao Brasil é a grande quantidade de inércia que a inflação tem. Ainda é preciso entender por que as firmas, numa situação em que não conseguem vender o produto, em vez de abaixarem o preço, preferem manter ou até mesmo aumentar o preço. O que falta na pesquisa econômica é mostrar qual o cálculo feito pelos formadores, o que faz com que, numa situação na qual em outros países haja baixa de preços, essa queda não ocorra aqui. Ainda não temos um explicação. No caso do Banco Central, qualquer que seja a explicação, ele só tem uma alternativa: manter os juros mais altos para evitar que a inflação se propague. O que as pessoas reclamam é que o Brasil está sempre com o juro mais alto. Mas veja o que aconteceu quando o Alexandre Tombini (ex-presidente do BC) resolveu copiar os outros países: a inflação foi lá para cima.”

Tudo o que sabemos sobre:
BrasilBanco CentralAlexandre Tombini

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.