BC suíço vai aumentar supervisão dos bancos locais

O Banco Nacional da Suíça (SNB, o BC suíço) vai aumentar sua supervisão sobre os bancos locais e dos instrumentos financeiros em virtude da recente crise de crédito, disse o presidente do banco central suíço, Jean-Pierre Roth. "Vamos no futuro - junto com o órgão regulador bancário da Suíça - aumentar nossa supervisão e particularmente olhar para questões de transparência dos instrumentos financeiros", disse Roth, em discurso para uma platéia de profissionais em Frankfurt (Alemanha). Ele disse que, durante o último período de baixas taxas de juro, os banco incorreram em maiores riscos e desenvolveram instrumentos financeiros inovadores, mas com pouca transparência e até mesmo perigosos. Roth disse que a crise em andamento mostrou que o gerenciamento de risco de alguns bancos tem sido inadequado. Ele observou que a experiência dos últimos meses destacou a importância de medidas tradicionais para proteger a estabilidade do setor financeiro, tais como exigências relacionadas a ativos e liquidez. "Até onde é do nosso interesse, vamos seguir os desenvolvimentos do setor financeiro mais atentamente do que nos últimos anos", disse Roth. Ele acrescentou que os bancos centrais vão se esforçar para intensificar sua cooperação, mas observou que as recentes medidas dos bancos centrais falharam em lidar com a profunda desconfiança entre os bancos comerciais. "Os próprios participantes do mercado financeiro têm de tomar as medidas para restaurar a confiança novamente", disse Roth. O presidente do SNB disse que a economia da Suíça, particularmente segmentos como de exportação e bancos, não vão permanecer ilesos devido à piora na perspectiva econômica global. Ele também disse que a pressão inflacionária cresceu nos últimos meses. "Contudo, estou confiante de que vamos domar os problemas", disse. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.