BC sul-africano quer ações para combater desemprego

A presidente do banco central da África do Sul, Gill Marcus, pressionou nesta quarta-feira o governo do país a adotar ações para estimular o crescimento e combater o desemprego. "É essencial que nós foquemos em setores com uso intensivo de mão-de-obra, incluindo mineração e agricultura", afirmou. Dados divulgados ontem mostraram que a taxa de desemprego subiu para 25,6% no segundo trimestre, superando 50% entre os jovens.

Agencia Estado

31 de julho de 2013 | 16h26

Segundo Marcus, as ações do governo para combater o desemprego entre os jovens ainda não geraram os resultados desejados. "Nossa visão é que é possível incentivar as empresas a contratar jovens sem a ameaça de retirar vagas de trabalhadores mais experientes", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
África do Suldesemprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.