BC: superávit nominal em abril fica em R$ 5,304 bi

Com o forte superávit primário verificado em abril e a menor despesa com juros, o setor público registrou, no mês passado, superávit nominal (receitas maiores do que despesas, incluindo juros) de R$ 5,304 bilhões, de acordo com dados divulgados hoje pelo Banco Central. Em março, o setor público havia registrado déficit nominal de R$ 17,073 bilhões e, em abril de 2009, déficit nominal de R$ 940 milhões. O resultado nominal positivo do último mês de abril superou, inclusive, o verificado em abril de 2008, quando a economia estava crescendo fortemente e o setor público registrou superávit nominal de R$ 4,883 bilhões.

FÁBIO GRANER E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

27 de maio de 2010 | 11h20

No resultado de abril, o governo central contribuiu com superávit nominal de R$ 7,054 bilhões, enquanto os governos regionais tiveram déficit nominal de R$ 1,092 bilhão e as empresas estatais, déficit nominal de R$ 658 milhões. No acumulado do ano, o setor público registra déficit nominal de R$ 22,847 bilhões, o equivalente a 2,13% do Produto Interno Bruto (PIB). Em igual período do ano passado, o saldo nominal negativo do setor público foi de R$ 22,078 bilhões, correspondente a 2,28% do PIB.

No resultado acumulado em 2010, o governo central contribuiu com déficit nominal de R$ 14,628 bilhões (1,36% do PIB), os governos regionais com saldo nominal negativo de R$ 6,189 bilhão (0,58% do PIB) e as empresas estatais, com déficit nominal de R$ 2,030 bilhões (0,19% do PIB).

Em 12 meses, o setor público acumula déficit nominal de R$ 105,391 bilhões, o equivalente a 3,24% do PIB. Até março, o setor público registrava déficit nominal em 12 meses de R$ 111,635 bilhões, correspondente a 3,46% do PIB. O governo central, em 12 meses, acumula déficit nominal de R$ 95,013 bilhões (2,92% do PIB), os governos regionais registram déficit de R$ 10,169 bilhões (0,31% do PIB) e empresas estatais, déficit de R$ 209 milhões (0,01% do PIB).

A despesa com juros do setor público, em abril, somou R$ 14,485 bilhões, ante R$ 16,857 bilhões em março. Em abril de 2009, a despesa somava R$ 12,890 bilhões e em abril de 2008, R$ 15,047 bilhões. No acumulado do ano, o gasto do setor público com juros soma R$ 59,464 bilhões, o equivalente a 5,54% do PIB. Em igual período de 2009, somava R$ 52,838 bilhões (5,47% do PIB). Em igual período de 2008, R$ 55,452 bilhões (5,93% do PIB). Em 12 meses, o gasto do setor público com juros foi de R$ 175,765 bilhões (5,41% do PIB). A despesa com juros em 12 meses até março registrava R$ 174,170 bilhões, correspondente a 5,40% do PIB.

Tudo o que sabemos sobre:
contas públicasBCsuperávit nominal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.