Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BC: superávit primário de outubro foi o melhor da série

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, afirmou hoje que o superávit primário do setor público de R$ 15,347 bilhões em outubro foi o melhor resultado para o mês na série histórica do BC, iniciada em 1991. Superávit primário é a economia que o governo faz para o pagamento da dívida pública, sem levar em conta as despesas com juros.Segundo ele, o resultado do superávit primário no mês passado foi determinado principalmente pelo crescimento das receitas, que por sua vez reflete o nível de atividade mais forte da economia. Segundo Altamir, em novembro e dezembro o desempenho fiscal do setor público deve piorar, já que sazonalmente os dois últimos meses do ano são de maiores gastos públicos.Ele prevê que, em novembro, o superávit primário deve ser pequeno e, em dezembro, o setor público deve ter déficit nominal. Para Altamir, no fechamento do ano o setor público deve ficar com superávit primário ao redor de 4%, acima, portanto, da meta de 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB). Nos últimos 12 meses, o superávit primário estava em 4,23% do PIB.Juros recordesAltamir Lopes também afirmou que a despesa com juros do setor público consolidado (Tesouro Nacional, Banco Central, INSS, Estados, municípios e empresas estatais) em outubro, de R$ 15,8 bilhões, teve seu pior resultado para o mês da série histórica do BC. Segundo ele, isso reflete a valorização do câmbio, que provoca perdas para o governo, sobretudo nas operações de swap cambial reverso (espécie de compra de dólares no mercado futuro).Segundo ele, só nas operações de swap, houve perda de R$ 2 bilhões. Altamir informou ainda que o déficit nominal de outubro, de R$ 528 milhões, foi o menor para o mês desde 1994. Ele destacou ainda que os governos municipais e as empresas estatais federais tiveram os melhores resultados primários para o mês em toda a série histórica.

FABIO GRANER E FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

29 de novembro de 2007 | 12h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.