BC tem prejuízo de R$ 17,293 bilhões em 2002

O Banco Central divulgou o seu balanço do segundo semestre de 2002, aprovado pelo Conselho Monetário Nacional, em sua reunião de hoje. O resultado apurado foi negativo, no valor de R$ 6,283 bilhões e soma-se ao prejuízo do primeiro semestre de R$ 10,910 bilhões, totalizando R$ 17,293 bilhões. Em 2001, o Banco Central teve um lucro de R$ 3,073 bilhões. O maior peso nesse prejuízo foi por conta da carteira de títulos e nas despesas com swap. O BC, de acordo com o balanço, teve um resultado positivo de R$ 15,827 bilhões com as operações da área externa. No caso das operações com títulos, o resultado somou, no semestre, R$ 15,821 bilhões. As despesas com o Tesouro Nacional somaram R$ 16,717 bilhões e as despesas com ajustes a valor de mercado, R$ 5,8 bilhões. Já as despesas com swap, que no primeiro semestre de 2002 chegaram a R$ 1,097 bilhão, no segundo semestre somaram R$ 14,189 bilhões, num total de R$ 15,286 bilhões.Desde a vigência da Lei de Responsabilidade Fiscal, o resultado negativo do Banco Central tem de ser coberto pelo Tesouro Nacional até o décimo dia útil do ano seguinte ao da publicação do balanço. Nesse caso, até o décimo dia útil de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.