BC teve prejuízo de R$ 11,6 bilhões no 1º semestre

A valorização do real frente ao dólar e outras moedas estrangeiras neste ano levou o Banco Central a registrar um prejuízo de R$ 11,6 bilhões no primeiro semestre, segundo o balanço patrimonial da instituição aprovado nesta quarta-feira pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). No primeiro semestre do ano passado o BC deu um lucro de R$ 2,6 bilhões.De acordo com o diretor de Administração do BC, João Antônio Fleury, o resultado negativo terá que ser coberto pelo Tesouro Nacional. Ele explicou que a valorização do real causou prejuízo patrimonial para o banco porque os ativos do BC em moeda estrangeira são maiores do que os passivos. O BC tem R$ 163,525 bilhões em ativos denominados em moeda estrangeira e a variação cambial gerou despesas da ordem de R$ 14,836 bilhões.A maior parte dos ativos em moeda estrangeira é constituída pelas reservas internacionais do País, que somavam US$ 54,8 bilhões na terça-feira. "O descasamento entre ativos e passivos cambiais reflete a manutenção pelo BC das reservas internacionais do país", afirma nota distribuída pelo BC.A última vez que o BC registrou prejuízo significativo foi em 2002, quando o resultado negativo atingiu R$ 17 bilhões. Em 2003, a instituição teve lucro de R$ 33 bilhões. No ano passado, o lucro foi de R$ 2,2 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.