finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BC toma medida para melhorar oferta de crédito para pequenas empresas

De acordo com ele, o impacto potencial da medida é de cerca de R$ 5 bilhões, que estaria dentro dos R$ 15 bilhões estimados pelo BC para o impacto potencial das medidas publicadas hoje

Victor Martins, Eduardo Rodrigues, Agência Estado

25 de julho de 2014 | 10h20

BRASÍLIA - O chefe do Departamento de Normas do Banco Central, Sergio Odilon dos Anjos, afirmou há pouco que uma das medidas publicadas hoje pela autoridade monetária tem o objetivo de melhorar a oferta de crédito para pequenas e médias empresas. 

Antes, os bancos podiam conceder até R$ 600 mil para empresas desse grupo e ponderar 75% e a partir de agora esse limite passa para R$ 1,5 milhão, ponderando os mesmos 75%. "Isso melhora a oferta de crédito para esse grupo de empresas, que tinha mais dificuldade de acesso", completou. 

De acordo com ele, o impacto potencial da medida é de cerca de R$ 5 bilhões, que estaria dentro dos R$ 15 bilhões estimados pelo BC para o impacto potencial das medidas publicadas hoje, que também incluem a liberação de R$ 30 bilhões em compulsórios. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.