BC vende 10.200 contratos de swap cambial reverso

Ao todo, a oferta do leilão ocorrido nesta quinta-feira, 27, somou valor equivalente a US$ 503,6 milhões, praticamente a metade da oferta total, que era de US$ 1 bilhão

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

27 de janeiro de 2011 | 12h47

O Banco Central não vendeu todos os contratos de swap cambial reverso oferecidos em leilão realizado nesta quinta-feira, 27. Dos 20 mil contratos ofertados, foram vendidos 10.200 com três diferentes vencimentos. Ao todo, a oferta somou valor equivalente a US$ 503,6 milhões, praticamente a metade da oferta total, que era de US$ 1 bilhão. O contrato de swap cambial reverso equivale à compra de dólares no mercado futuro. Às 15h51, o dólar comercial registrava alta de 0,54%, sendo cotado a R$ 1,678.

Para o primeiro lote, de 1º de abril de 2011, foram vendidos 1.500 contratos dos 6.000 ofertados. Os papéis saíram com cotação máxima de 99,7086, taxa nominal de 1,6745% e linear, de 1,670%.

Para a segunda oferta, com vencimento em 1º de julho de 2011, foram vendidos 1.700 contratos dos 7.000 oferecidos. A cotação máxima ficou em 99,2780, com taxa nominal de 1,7122% e linear de 1,700%.

Por fim, o terceiro lote teve todos os 7.000 contratos vendidos com vencimento em 2 de janeiro de 2012. Nesse caso, a cotação máxima ficou em 98,3925, com taxa nominal de 1,7543% e linear de 1,735%.

Texto atualizado às 15h51

Tudo o que sabemos sobre:
leilãoBanco Centraldólarcâmbioswap

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.