BCE: alta do juro visa reduzir expectativas de inflação

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, explicou que a decisão de elevar a taxa básica de juros na zona do euro (15 países europeus que compartilham a moeda) em 0,25 ponto porcentual, para 4,25% ao ano, tem como objetivo reduzir as expectativas de inflação. Em entrevista coletiva realizada após o anúncio da decisão, Trichet citou riscos de alta à estabilidade de preços no médio prazo e enfatizou que o BCE tem "forte determinação" em ancorar as expectativas de inflação.Trichet alertou, em particular, os produtores de bens e serviços contra o repasse de mais aumentos de preços para os consumidores. Os negociadores de salários também foram alertados para manter moderação e conter uma segunda rodada de pressões de preços.Segundo Trichet, o BCE vai "monitorar bem de perto" todos os desdobramentos nas tendências de preços. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.