BCE: base da economia da zona do euro segue sólida

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, declarou que os fundamentos econômicos da zona do euro (15 países europeus que compartilham a moeda) "continuam sólidos" e que "a demanda doméstica e estrangeira devem dar suporte ao crescimento (da região)". Para Trichet, esta declaração está em linha com as previsões disponíveis de fontes privadas e públicas. "A economia da zona do euro não tem grandes desequilíbrios", acrescentou.Segundo Trichet, as últimas informações sobre a atividade econômica "apontam para um ritmo mais moderado de crescimento na zona do euro do que a taxa trimestral de 0,8% observada no terceiro trimestre de 2007". Trichet afirmou que embora os indicadores de confiança das empresas e do consumidor tenham declinado nos últimos meses, eles "continuam em geral consistentes com o crescimento". As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.