BCE confirma expectativas e mantém juro em 3,5%

O Banco Central Europeu (BCE) manteve nesta quinta-feira a taxa de juro em 3,5%, o maior nível em cinco anos. A decisão já era esperada pelo mercado, que agora aguarda um sinal sobre o próximo aumento da taxa. O anúncio foi feito logo após a elevação inesperada do juro pelo Banco da Inglaterra, para 5,25%, em meio à preocupação com os preços. Apoiando a visão de que a zona do euro terá o melhor ano desde 2000, a Alemanha registrou em 2006 o maior crescimento em seis anos, de 2,5%, ainda que uma queda na produção industrial da França pese sobre a segunda maior economia da região. Todos os 72 economistas ouvidos pela Reuters na última semana esperavam que a taxa de juro fosse mantida. Além disso, 63 economistas previam um aumento no primeiro trimestre e a maioria espera que o juro chegue a 4% até o fim de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.