finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BCE deve revisar para baixo taxa de expansão da zona do euro

O crescimento econômico da zona doeuro no próximo ano provavelmente será menor do que o estimado,mas a inflação deve acelerar, afirmou nesta segunda-feira odiretor do Banco Central Europeu (BCE) Nout Wellink. Segundo o diretor, a inflação ficará em patamar próximo àmeta do BCE, de 2 por cento, em 2009, mas se o euro valorizarainda mais, isso será "preocupante". O BCE deve divulgar no próximo mês novas estimativaseconômicas, o que deve ajudar a traçar futuras decisões sobre orumo do juro na região, disseram formuladores de política. A maioria dos economistas acredita que a taxa deve seguirno patamar de 4 por cento até o fim de 2008. "Os riscos são de baixa, portanto existe uma chance dasestimativas serem revistas", disse Welink à Reuters, quandoquestionado sobre as perspectivas para o crescimento em 2008."A expansão econômica pode ser levemente menor do que oprojetado", acrescentou.

STANLEY CARVALHO, REUTERS

26 de novembro de 2007 | 07h36

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBCECRESCIMENTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.