finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BCE: economia européia corre risco de desaceleração

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Lucas Papademos, advertiu que os 13 países que compõem a zona do euro estão diante de um risco de aceleração da inflação e de desaceleração econômica no curto prazo. "A conjuntura atual parece apontar para uma combinação desconfortável, embora temporária, de inflação mais alta e crescimento econômico mais lento nos próximos meses", disse Papademos durante evento promovido pelo Banco Central do Chipre para marcar a entrada do país na zona do euro, em 1º de janeiro de 2008.Entre os fatores para a aceleração da inflação na zona do euro, o dirigente do BCE citou as altas dos preços das matérias-primas (commodities), como petróleo e alimentos, e as recentes negociações de reajustes salariais, que têm resultado em aumentos maiores do que se previa. "Espera-se que a economia da área do euro continue a crescer a taxas próximas de seu potencial. E o processo corrente de reavaliação e reprecificação de riscos nos mercados financeiros poderá ser mais prolongada do que se esperava anteriormente e poderá ter um impacto maior nos mercados e na economia", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

26 de novembro de 2007 | 14h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.