finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BCE mantém taxas de juros inalteradas

O Banco Central Europeu confirmou hoje as expectativas do mercado ao manter as taxas de juros na zona do euro inalteradas. A taxa mínima de oferta, usada nas operações semanais de refinanciamento, foi mantida em 2% ao ano, o que corresponde ao menor nível para a maioria dos países da zona do euro desde a Segunda Grande Guerra. O encontro do BCE foi realizado sem a presença do presidente da instituição, Wim Duisenberg, que está em viagem internacional. Todos os 25 analistas consultados em pesquisa Dow Jones Newswires previam que o BCE não alteraria sua política monetária no encontro de hoje, depois que sinais recentes apontaram recuperação da confiança empesarial nos próximos meses. O enfraquecimento gradual do euro, provavelmente, também contribuiu para a decisão do BCE. A moeda única tem mostrado uma desvalorização estável desde meados de junho, após ter atingido a máxima histórica de cerca de US$ 1,19. BC da Inglaterra mantém taxa O Banco Central da Inglaterra manteve sua taxa de recompra inalterada, em 3,5%, após reunião de dois dias do comitê de política monetária, concluída hoje. A manutenção da taxa era prevista pelo mercado. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

04 de setembro de 2003 | 10h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.