BCE não renovará parte dos estímulos econômicos, diz Stark

Segundo membro do conselho do banco, porém, ainda não há decisão sobre o destino das outras medidas

Reuters,

28 de setembro de 2010 | 07h47

O Banco Central Europeu (BCE) não renovará parte dos estímulos econômicos quando eles vencerem no final do ano, mas ainda não decidiu o destino das outras medidas, disse Juergen Stark, membro do Conselho Executivo do banco, nesta terça-feira.

"Nós estamos no processo de retirar as medidas extraordinárias. Nesta semana e no quarto trimestre de 2010, uma série de medidas extraordinárias vencerá, e elas não serão renovadas", disse Stark em uma conferência organizada pelo banco central da Turquia.

"Nós estamos nesse processo e o que nós decidiremos para depois de 31 de dezembro depende de uma reunião vindoura", acrescentou. 

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBCESTARK*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.