BCE poderá mudar regras de rating para títulos públicos

O Banco Central Europeu (BCE) discute um plano de médio prazo para descartar regras de avaliação sobre os títulos soberanos da zona do euro e definir seus valores como garantia em operações de crédito em sua própria avaliação interna, afirmaram fontes da autoridade monetária.

ANDREAS FRAMKE E MARC JONES, REUTERS

21 de junho de 2012 | 14h19

Como o BCE ainda não está pronto para assumir a responsabilidade técnica, e altamente política, desses ratings soberanos, autoridades do banco também acordaram mais meios imediatos para ajudar a Espanha e seus bancos em reunião nesta quinta-feira.

Uma fonte que pediu para não ser identificada afirmou que o BCE suavizaria mais as regras da dívida dos Estados e títulos hipotecários -garantia frequentemente invocadas por bancos da Espanha-, acrescentando que mais detalhes serão anunciados na sexta-feira.

A criação de um sistema interno de rating deixaria de lado a agência S&P e seus pares, mas poderia representar um campo minado político para a autoridade monetária.

"No caso de o conselho do BCE decidir isso, reduziria a influência amplamente criticada de Standard & Poor's, Moody's e Fitch", afirmou uma fonte de banco central da zona do euro, falando na condição de anonimato.

"Por outro lado, isso poderia também expandir a gama de encolhimento das garantias que bancos em países problemáticos têm disponível", acrescentou.

O BCE não comentou o assunto.

(Reportagem adicional de Eva Kuehnen)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBCEEXCLUSIVO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.