BCE: taxa de juro está em nível adequado

O nível atual das taxas de juros da zona do euro (grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda) "continua adequado", tomando como base os indicadores econômicos divulgados no mês passado, disse hoje o presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet. A taxa foi mantida hoje em 1% ao ano. Trichet acrescentou que o próximo leilão de liquidez em 12 meses planejado pelo BCE será oferecido à taxa de referência, sem prêmio. O BCE manteve hoje a taxa básica de juros da zona do euro em 1,0% pelo quarto mês seguido, conforme expectativa do mercado.

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

03 de setembro de 2009 | 10h56

Trichet citou os sinais crescentes de estabilização econômica na entrevista após a reunião de política monetária da instituição, mas acrescentou que "a incerteza continua elevada". Embora o Produto Interno Bruto (PIB) na zona do euro - grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda - tenha registrado contração apenas modesta no segundo trimestre em comparação ao primeiro, provocando expectativas de que a pior recessão em décadas esteja próxima de terminar, Trichet advertiu que a recuperação será lenta e "irregular". As projeções para o PIB deste ano e do ano que vem, feitas pelos economistas do BCE e divulgadas por Trichet, foram revisadas em alta, assim como as expectativas de inflação.

O BCE revisou a projeção do PIB de 2009 de uma contração de 4,4% para um recuo de 3,8% e para 2010 de uma contração de 0,5% para um crescimento de 0,9%. A inflação deve ficar em média em 0,4% este ano, acima da previsão de junho de 0,3%, e em 1,2% no ano que vem, acima da previsão de 1% anterior, disse Trichet. Os riscos permanecem de modo geral equilibrados, disse o presidente do BCE, acrescentando que o BCE irá "monitorar de muito perto" todos os acontecimentos. Ele também afirmou prever fraca expansão do crédito no curto prazo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
zona do eurojuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.