BDRs do Bob´s não registram negócios

A rede de lanchonetes Bob´s conseguiu permissão da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) para negociar Brazilian Depositary Receipts (BDRs). O objetivo da companhia é aumentar o volume de negócios. Mas, desde o dia em que a operação foi liberada - 17 de julho -, não foram registrados negócios com o papel. Para o presidente da companhia, Peter van Voorst Vader, não houve movimento devido à ausência de vendedores no mercado local. Vader afirma que a liberação de negócios com BDRs levou os compradores a buscarem as ações na Nasdaq - bolsa dos EUA que negocia papéis do setor de tecnologia e Internet. "Você pede o BDR no Brasil, o banco encarregado compra o correspondente em ações lá fora, emitindo o BDR depois", explicou. Na opinião do executivo, mesmo o volume negociado entre os Estados Unidos e o Brasil é baixo. NovidadeA controladora da rede, a Brazil Fast Food Corp., anunciou ontem em Nova York que está lançando um programa de testes de entrega de lanches via Internet (veja link abaixo, no ícone "fome") em 17 de suas 97 lojas no Rio de Janeiro. A iniciativa complementa o serviço tradicional de entregas via telefone, que já é feito em mais de 60 pontos de venda Bob´s na região metropolitana do Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.