Bebê da princesa Kate rende R$ 824,6 milhões à Inglaterra

Venda de lembranças, livros e bugigangas vai ajudar a economia do país, segundo o centro de estudos do comércio

O Estado de S.Paulo,

18 de junho de 2013 | 18h20

LONDRES - O nascimento do filho do príncipe William e da princesa Kate Middleton é aguardado com grande expectativa pelos ingleses. Além da alegria que ele traz para a família real, o bebê vai garantir uma receita extra de pelo menos US$ 380 milhões para a ecoomia britânica nas próximas semanas. O valor equivale a R$ 824,6 milhões pelo câmbio atual.

O dinheiro virá da venda de souvenirs e bugigangas e outras festividades relacionadas com o nascimento do bebê real, de acordo com um relatório divulgado na segunda-feira pelo Centro de Pesquisas do Comércio de Nottingham, na Inglaterra.

Máscaras da princesa Kate feitas para as festas em comemoração à chegada do bebê real (foto:AP)

Redes varejistas britânicas e até mesmo a realeza estão buscando formas de ampliar os ganhos com merchandising do bebê esperado para o mês que vem.

"Três milhões de garrafas de champanhe e vinho espumante serão abertas para celebrar o novo bebê," projeta o relatório.

De 1 de Julho a 31 de agosto, espera-se comemorações regadas a álcool que podem garantir faturamento de US$ 136 milhões, o equivalente a R$ 295 milhões. Lembranças e brinquedos devem garantir mais US$ 125 milhões (R$ 271 milhões), e livros, DVDs e outras mídias podem trazer mais US$ 119 milhões (R$ 258 milhões).

"Esta é uma boa notícia e não há realmente nenhuma desvantagem. Com o nascimento previsto para julho, as pessoas terão tempo para se envolver, o que significa um gasto adicional", disse o diretor do centro, Joshua Bamfield, à agência de notícias Reuters.

Se você está visitando Highgrove, por exemplo, a fazenda do príncipe Charles, em Gloucestershire, você pode juntar-se à celebração e comprar um  par de botas de couro Union Jack por US$ 35 (R$ 78). Os rendimentos das vendas vão para instituições de caridade do príncipe Charles e manutenção de residências reais, segundo reportagem do jornal Los Angeles Times.

O bebê real, cujo sexo e nome não foram revelados, seria o terceiro na linha de sucessão ao trono, após o príncipe Charles e o príncipe William. A última aparição de Middleton antes do nascimento foi em 13 de junho, em um batismo, não de uma criança mas do navio de cruzeiro "Princess Cruises Royal", em Southampton, Inglaterra.

Tudo o que sabemos sobre:
MiddletonKateInglaterra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.