Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Belo Monte é invadida por cerca de 100 pessoas; consórcio está reunido

Invasores são ligados, principalmente, a movimentos sociais contrários à construção da usina

Karla Mendes, da Agência Estado,

27 de outubro de 2011 | 12h13

BRASÍLIA - As obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, foram invadidas esta manhã por cerca de 100 pessoas.

Segundo a assessoria do consórcio Norte Energia, responsável pelo empreendimento, o Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM) está reunido neste momento para definir como será feita a negociação com os invasores, que são ligados, principalmente, a movimentos sociais contrários à construção da usina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.