Berkshire, de Buffett, tem ganho de 19,8% em 2009

O bom desempenho do mercado de ações e o fluxo forte de prêmios provenientes de suas amplas posições em seguros ajudaram a Berkshire Hathaway, o veículo de investimento comandado pelo megainvestidor Warren Buffett, a elevar seu valor contábil por ação em 19,8% no ano passado. A medida, comumente usada pelo setor para avaliar a performance de uma empresa como essa, subiu de US$ 70.530 em 2008 para US$ 84.487.

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

27 de fevereiro de 2010 | 14h37

O resultado representa uma recuperação forte, após a queda de 9,6% registrada em 2008 ante 2007, o maior declínio desde que Buffett assumiu o grupo em 1965. Em dólar, o ganho em 2009 foi um dos maiores do capital da Berkshire já registrados.

Ainda assim, a alta no valor contábil por ação da Berkshire é inferior ao ganho de 26,5% do índice Standard & Poor''s 500 em 2009. Em meados deste mês, a Berkshire entrou no S&P 500, o que abriu acesso à companhia para uma quantidade maior de investidores. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUA, investimentos, Buffett

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.