Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Bernanke admite mudar regras contábeis para investimentos

Objetivo do presidente do BC americano é evitar fortes flutuações nos preços dos ativos financeiros

GUSTAVO NICOLETTA, Agencia Estado

20 de março de 2009 | 13h54

O presidente do banco central norte-americano (Federal Reserve), Ben Bernanke, disse nesta sexta-feira, 20, que os agentes reguladores podem precisar modificar as regras contábeis e de capital para evitar que elas acentuem exageradamente os movimentos de alta ou de queda nos mercados financeiros.

  

Veja também:

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

"Os formuladores de políticas devem rever as atuais regras contábeis e de capital para determinar se essas regras e padrões podem ser modificados de forma a reduzir efeitos cíclicos e indevidos, sem enfraquecer a capacidade de atingirem seus objetivos fundamentais", disse Bernanke em um discurso durante uma conferência para banqueiros.

As regras de contabilidade, especificamente as de marcação a mercado - precificação diária dos títulos -, provocaram debates acalorados recentemente. Bernanke disse anteriormente que, apesar de não apoiar a suspensão da marcação a mercado, a questão de como atribuir um preço para os ativos sem liquidez - facilidade de negociação - precisa ser abordada.

"Como muitas instituições e auditores podem confirmar, determinar o valor apropriado de ativos sem liquidez pode ser muito desafiador, especialmente em um mercado altamente estremecido", afirmou Bernanke, acrescentando que está "satisfeito" com o fato de o Conselho de Padrões de Contabilidade Financeira (FASB, na sigla em inglês) estar preparando uma série de diretrizes sobre o assunto.

Ajuda

 

Ele disse também que a decisão do Fed de gastar centenas de bilhões na compra de títulos atrelados a hipotecas e de bônus do governo norte-americano tem como objetivo melhorar as condições do mercado privado de crédito.

Bernanke afirmou que as ações do Fed no decorrer da crise ajudaram "todos os segmentos do sistema financeiro" e a economia, de forma geral. Ele sofreu críticas de congressistas recentemente por conta das medidas iniciais do Fed para resgatar a seguradora American International Group (AIG).

Ele não abordou o assunto especificamente durante o discurso, mas disse que os resgates do governo "envolveram escolhas extremamente desagradáveis e difíceis." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BernankeFed

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.