Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bernanke: é muito cedo para declarar vitória na economia

O chairman do Federal Reserve (banco central norte-americano), Ben Bernanke, afirmou nesta terça-feira que ainda é muito cedo para se declarar vitória com relação à economia dos Estados Unidos, alertando para a complacência na elaboração de políticas ao mesmo tempo em que as perspectivas melhoram.

REUTERS

27 de março de 2012 | 20h03

"Nós ainda não conseguimos ir ao ponto em que nós possamos ser completamente confiantes de que estamos no caminho de uma recuperação completa", disse o chairman do Fed à rede ABC News.

Bernanke recebeu números que mostram queda da taxa de desemprego e sinais de que as tensões financeiras na Europa estão diminuindo. Mas ele afirmou que o desemprego ainda está em um pico problemático, e que o mercado imobiliário segue fraco.

"Eu acho que é realmente importante não ser complacente. Nós temos um longo caminho a seguir, muito trabalho a fazer, e continuaremos fazendo isso."

Questionado sobre se o Fed estava considerando novas ações para estimular o crescimento, Bernanke afirmou que o banco central não teria opções fora da mesa. No entanto, ele não sugeriu que uma nova rodada de compra de títulos era iminente.

O Fed mantém as taxas de juros próximas de zero desde dezembro de 2008 e adquiriu 2,3 trilhões de dólares da dívida por meio de dois programas de compra de títulos para estimular o crescimento.

(Reportagem de Mark Felsenthal)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUABERNANKE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.