Bernanke se recusa a comentar sobre seu futuro no Fed

Obama sugeriu esta semana que aceitaria que o presidente da autoridade entregasse o cargo quando seu mandato terminar, em janeiro

Stefânia Akel, da Agência Estado,

19 de junho de 2013 | 18h21

WASHINGTON - O presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, recusou-se a comentar, em sua coletiva de imprensa, seu interesse em cumprir um terceiro mandato como o presidente do banco central norte-americano. "Não tenho nada a dizer sobre os meus planos pessoais", disse ele.

Apesar de ser possível para o presidente Barack Obama nomear Bernanke para um terceiro mandato, o presidente do Fed deu a entender, no passado, que ele pode não querer continuar  no cargo após dois mandatos de quatro anos cheios de acontecimentos. Bernanke afirmou, em março, que discutiu "um pouco" seus planos com Obama. A Casa Branca não revelou a escolha do presidente.

Obama sugeriu esta semana que concordaria se Bernanke entregasse o cargo quando seu mandato terminar, em janeiro. Ele afirmou em entrevista que Bernanke "já ficou no cargo por muito mais tempo do que ele queria ou do que ele deveria".

Se Bernanke efetivamente deixar a função, Obama pode se voltar a uma lista extensa de possíveis substitutos. A vice-presidente do Fed, Janet Yellen, é vista por muitos no mercado como a principal opção para substituir Bernanke. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
fedbernanke

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.