Bernardo debate com sindicalistas salário de servidor

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, recebeu nesta terça-feira, 27, dirigentes de entidades sindicais que reivindicam mudanças no projeto de lei complementar encaminhado ao Congresso Nacional limitando o reajuste dos vencimentos dos servidores públicos à taxa de inflação acrescida de 1,5% ao ano.Na avaliação do secretário-geral da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), Josemilton Costa, o encontro foi positivo, porque o ministro abriu o diálogo e se propôs a discutir a proposta em conjunto com os sindicalistas e com o relator do projeto, deputado José Pimentel (PT-CE).Segundo Costa, o ministro disse que vai convidar para uma reunião na próxima semana o relator e os dirigentes sindicais. O secretário-geral informou que a proposta dos sindicalistas é a de se garantir a correção dos salários pela inflação, mas com ganho real e com a correção das distorções entre as diferentes categorias de funcionários públicos.O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Artur Henrique da Silva Santos, também participou do encontro com o ministro. O projeto enviado ao Congresso faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.