Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bernardo está preocupado com efetivação de temporários

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou hoje que está preocupado com uma possível aprovação de emenda constitucional que vai tornar efetivos servidores públicos temporários. O projeto está na pauta de votações da Câmara dos Deputados e pode efetivar cerca de 300 mil servidores temporários. "É preocupante. Essas pessoas não são concursadas e foram contratadas para resolver determinadas situações. Como será esta forma de contratação?" - questionou o ministro. Ele participa de seminário sobre os aspectos jurídicos das fundações estatais, projeto que foi enviado pelo governo e que viabiliza a criação de fundações para prestação de serviços públicos.No seminário, o ministro defendeu esse projeto, que ainda está em fase inicial de tramitação no Congresso. Bernardo disse que a iniciativa busca "aprimorar os processos de gestão na administração pública". Segundo ele, a idéia de se formar fundações estatais é uma alternativa que está sujeita a melhorias. Para Bernardo, não se trata de privatização e também o mecanismo não seria utilizado em áreas com atribuição exclusiva do Estado.

FÁBIO GRANER, Agencia Estado

14 de agosto de 2007 | 10h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.