finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bernardo: não é preciso mais uma medida fiscal agora

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse hoje que concorda com a avaliação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo disse que no momento não são necessárias medidas adicionais de ajuste fiscal. "Neste momento, ele (Mantega) não vê a necessidade de tomar medidas nesse sentido e eu concordo com ele", afirmou Bernardo, ao final de sua participação no seminário "Obstáculos e soluções para o desenvolvimento da infra-estrutura", promovido pela Associação Brasileira de Infra-estrutura e da Indústria de Base (Abdib).Questionado se concordava também com a estimativa feita por Mantega de um crescimento econômico de 4,5% a 5% este ano, Paulo Bernardo brincou: "Eu não concordo, acho que pode passar disso".

LU AIKO OTTA, Agencia Estado

22 de agosto de 2007 | 14h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.