Berzoini agilizará regulamentação para crédito de aposentado

O ministro da Previdência Social, Ricardo Berzoini, disse que o ministério vai regulamentar, no menor prazo possível, a Medida Provisória editada hoje pelo governo que prevê empréstimos a trabalhadores com carteira assinada para serem descontados diretamente na folha da pagamento (em consignação). De acordo com o ministro, o aposentado do regime geral (INSS) também vai poder ter esse benefício, já previsto na MP, mas ainda sem possibilidade de uso por falta da regulamentação. Berzoini classificou a decisão do governo de "uma verdadeira revolução" no sistema de crédito do País. "O trabalhador recebe salário todo mês e também o aposentado, e é justo que eles possam ter acesso a juros mais baixos e financiamento mais compatível com a sua renda", argumentou. As declarações do ministro foram feitas logo após a cerimônia de lançamento do Plano Padrão dos FundosInstituídos, um modelo elaborado pela Secretaria de Previdência Complementar para entidade, como os sindicatos que queiram montar fundos de pensão para seus associados. A solenidade foi realizada noauditório do Ministério da Previdência Social e foi marcada pelo lançamento do fundo de pensão da Força sindical (ForçaPrev), o quarto fundo instituidor autorizado a funcionar no País. Cartilha e explicaçõesO tesoureiro da Força Sindical, Ricardo Patah, disse que, dentro de seis meses, o ForçaPrev estará funcionando a todo vapor. Ele explicou que, até lá, a Força Sindical vai enviar cartilha com explicações para seus filiados e também tomará as demais providências para instalação do fundo, como escolher a instituição financeira que vai administrar os recursos da entidade. O potencial de adesão ao ForçaPrev, segundo ele, é de 12 milhões de trabalhadores, número total de trabalhadores associados aos sindicatos vinculados à Força Sindical. No primeiro ano de funcionamento, no entanto, a meta da Força sindical é contar com 26 mil participantes no seu fundo de pensão.

Agencia Estado,

18 de setembro de 2003 | 14h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.