Berzoini: "desempregado não quer explicações econômicas"

O ministro do Trabalho e Emprego, Ricardo Berzoini, afirmou, durante conversa no programa Diálogo Brasil, que os temas salário mínimo e emprego são difíceis para serem discutidos, pois ?evidentemente quem está desempregado não quer explicações econômicas?. O ministro participou do programa ao lado do presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Luiz Marinho, e com o economista do site Movimento Desemprego Zero, José Carlos de Assis.Berzoini destacou que o Brasil está há um ano e meio lutando para sair de uma situação herdada do governo passado. "Estamos trabalhando para reverter um quadro e vamos chegar em 2005 muito melhor do que entramos em 2004", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.