Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Berzoini diz que pesquisa do IBGE sobre desemprego é contraditória

O ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, contestou nesta terça-feira a pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que revelou o crescimento do desemprego em 0,8 ponto percentual no mês de março, fechando em 2,7 milhões de desempregados. Para Berzoini, o resultado do IBGE contradiz tanto com o Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) quanto com o Dieese."São pesquisas contraditórias, mas um dado é importante: tivemos um número muito positivo do Caged que não conseguiu reverter a situação de elevado desemprego no país", afirmou o ministro. Berzoini comentou também que o número de criação de emprego no interior, em algumas regiões, é maior que nas metrópoles, principalmente por causa da agricultura e da industrialização. "Na região metropolitana também há crescimento de emprego, mas em número menor que no interior, o que significa um quadro preocupante porque a conseqüência mais grave do desemprego sedá exatamente nas regiões metropolitanas", disse.

Agencia Estado,

28 de abril de 2004 | 03h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.