Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Berzoini vê diferença entre dados do Dieese e do Ministério

O ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, afirmou na noite desta quinta-feira que está havendo uma "discrepância e uma contradição muito grande" entre os números de desempregados medidos pelo Cadastro Geral de Empregados e Demitidos (Caged) e pelo Dieese em relação à Grande São Paulo. Segundo o ministro, em São Paulo, foram criados 32.400 empregos no interior, sendo 18.800 na região metropolitana. O Dieese apontou a demissão de 94.000 trabalhadores na Grande São Paulo. Berzoini disse que vai procurar o Dieese para tratar da questão.Ele salientou que os pesquisadores do Caged e os do Dieese trabalham com metodologias diferentes e que o desvio pode estar no processo de apuração dos dados. "O desvio pode ser nosso, mas pode também ser do Dieese", disse. Ele enfatizou que não está "desmerecendo" a pesquisa do Dieese.De acordo com o ministro, pela pesquisa do Caged, o primeiro trimestre do ano acumula a criação de 347.400 vagas em todo o País, e 108.200 somente no mês de março. Berzoini admitiu que a questão do desemprego é grave e que as vagas criadas não anulam o fato de que há milhões de desempregados no País. "A preocupação nossa é que o desemprego continua elevado", disse.

Agencia Estado,

22 de abril de 2004 | 19h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.