BES lança US$400 mi em bônus conversíveis em ações do Bradesco

O Banco Espirito Santo (BES), de Portugal, vai lançar 400 milhões de dólares em bônus de três anos conversíveis em ações ordinárias do Bradesco detidas pela instituição.

Reuters

28 de novembro de 2012 | 11h43

No mês passado, o BES se tornou a primeira instituição financeira portuguesa a retornar ao mercado de dívida desde o resgate do país.

O BES, maior banco listado em bolsa de valores de Portugal em valor de mercado, informou em comunicado que pode aumentar a oferta na colocação privada para 450 milhões de dólares. O BES detém cerca de 25 milhões de ações ordinárias do Bradesco, que fecharam na terça-feira a 30,76 reais.

"Os recursos líquidos da oferta serão usados em propósitos gerais de financiamento do grupo", informou o banco. Os bônus deverão ter um cupom semianual na faixa de 3 a 3,5 por cento ao ano.

(Por Andrei Khalip)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBESBRADESCO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.