BHP eleva projeção da produção de minério de ferro

A BHP Billiton elevou a sua projeção da produção de minério de ferro da companhia neste ano fiscal, após identificar a produção recorde na região de Pilbara, na Austrália .

AE, Agencia Estado

21 de outubro de 2013 | 21h24

O maior grupo de mineração do mundo informou que espera produzir 212 milhões de toneladas de minério de ferro neste ano fiscal, acima da projeção anterior, que esperava produção de 207 milhões de toneladas neste período.

A BHP elevou a capacidade de produção na região de Pilbara para sustentar o consumo nas economias asiáticas, como a China. O material é utilizado na construção de arranha-céus e pelas indústrias, entre elas, a automotiva.

Nos últimos 18 meses, havia a preocupação de que a desaceleração da China pudesse impactar no consumo da commodity. Porém, dados recentes de demanda tem reportado números surpreendentemente fortes. Em setembro, as importações de minério de ferro da China marcaram um recorde de 74,6 milhões de toneladas, um aumento de 15% na comparação com mesmo período de 2012.

Os sinais de que a demanda da China continua saudável está ajudando a manter os preços do minério de ferro em um momento em que os preços de outras commodities industriais, como o carvão e o níquel, continuam fracos.

A BHP é uma das maiores produtoras mundiais de minério de ferro, concorrendo diretamente com a Rio Tinto e a Vale.

Andrew Mackenzie, que assumiu o cargo de executivo-chefe da BHP em maio,Afirmou que o foco é aumentar a produtividade. "Esse foco já está rendendo bons resultados, especialmente no negócio de minério de ferro", explicou o executivo.

Além disso, a companhia comunicou que produziu mais petróleo e gás natural ao longo do trimestre. A produção marcou um recorde de 62,7 milhões de barris de óleo equivalente. A BHP manteve a projeção da produção de petróleo inalterada para 2013, em 250 milhões de barris. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.