BHP recebe aprovação para expansão de refinaria

A mineradora anglo-australiana BHP Billiton (BHP) recebeu aprovação das autoridades regulatórias da Austrália para a expansão de sua refinaria de alumínio Worsley no sudoeste do país, que custará US$ 2,03 bilhões e poderá resultar num aumento de um milhão de toneladas ao ano até o final de 2010.O governo do Estado australiano de Western aprovou um aumento de produção em Worsley para 4,7 milhões de toneladas métricas ao ano, ante a aprovação preliminar para 4,4 milhões de toneladas, disse nesta quinta-feira o porta-voz da Autoridade de Proteção do Meio Ambiente do Estado. O projeto, que tinha sido adiado devido ao aumento de custos, depende agora da autorização da diretoria da BHP. O porta-voz da mineradora não quis comentar a reportagem do jornal "The West Australian" que informou que a decisão sairia provavelmente dentro de três meses. O jornal não disse onde teria conseguido a informação. As informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.