Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BID anuncia fundo de US$1 bi com China para A. Latina

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) formará um fundo de 1 bilhão de dólares com a China para financiar investimentos na América Latina, disse nesta segunda-feira o presidente da instituição, Luis Alberto Moreno, à medida que o gigante asiático busca expandir sua influência na região.

REUTERS

19 de março de 2012 | 13h35

Para abastecer a voraz demanda em sua economia por matérias-primas, a China tem investido dezenas de bilhões de dólares na América Latina na última década, adquirindo ativos estratégicos ou companhias em setores como petróleo, mineração e alimentos.

"Isso mostra o enorme interesse que a China tem pela região latino-americana", disse Moreno a jornalistas em entrevista coletiva durante encontro anual do BID em Montevidéu.

A parceria com o BID também mostra que a China está fortalecendo seus laços com instituições proeminentes na América Latina.

"O fundo vai ter três operadores diferentes e esses fundos terão seus gestores próprios que irão começar a avaliar projetos", afirmou Moreno.

Líderes da América Latina têm se voltado para o comércio e para acordos de investimento com Pequim para compensar a desaceleração do crescimento nos Estados Unidos e na Europa.

A China tem acordos de livre comércio com Chile e Peru. Mas alguns países da América Latina têm mostrado preocupação com o movimento. O Brasil, por exemplo, tem tentado evitar que estrangeiros comprem terras no país.

A China superou os EUA como principal parceiro comercial de muitos países ricos em commodities na América Latina.

(Por Terry Wade, Alsonso Soto, Antonio de la Jara e Guido Nejamkis)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBIDCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.