Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BID aprova US$ 3 bi ao Brasil para financiar pequenas empresas

Microempresas, microempresários e indivíduos poderão receber até US$ 200 mil de financiamento do programa

AE, Agencia Estado

19 de novembro de 2009 | 16h54

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou nesta quinta-feira, 19, uma linha de crédito de US$ 3 bilhões voltada ao financiamento das micro, pequenas e médias empresas brasileiras. A iniciativa objetiva contribuir na expansão e modernização dos pequenos e médios negócios. A assistência do BID incluirá fundos de contrapartida do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Brasileiro (BNDES), também no valor de US$ 3 bilhões.

 

Segundo o BID, a meta é assegurar um fluxo estável de recursos de médio e longo prazo para financiar projetos de investimento de micro, pequenas e médias empresas, responsáveis pela geração de dois a cada três empregos no País. "Os fundos proporcionarão liquidez para que as instituições financeiras ofereçam crédito para essas empresas expandirem, modernizarem e diversificarem sua produção", diz a nota.

A liberação da primeira de uma série de três parcelas dessa linha, no valor de US$ 1 bilhão, foi aprovada pela diretoria executiva da instituição hoje. Os empréstimos terão prazo de pagamento de 20 anos e carência de quatro anos. Microempresas, microempresários e indivíduos poderão receber até US$ 200 mil de financiamento do programa. Pequenas e médias empresas poderão obter, respectivamente, até US$ 850 mil e US$ 3 milhões. O programa anunciado hoje pelo BID dá continuidade a uma linha de crédito similar aprovada em 2004 pela instituição.

Tudo o que sabemos sobre:
pequena empresacréditoBIDBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.