finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BID destina recursos para empresas brasileiras de software

O Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin), fundo autônomo administrado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), informou hoje em nota que assinou um convênio de cooperação técnica não reembolsável no valor de US$ 1,3 milhão com a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex). Os recursos serão destinados para apoiar pequenas e médias empresas de software no País.Por sua vez, a Softex fará uma contrapartida de US$ 1,65 milhão, o que totalizará investimentos de US$ 2,95 milhões para o programa. O objetivo do BID com esta ação é promover a aplicação de tecnologia da informação a programas de desenvolvimento apoiados pelo banco.Segundo informou o BID, com os recursos, cerca de 3 mil empresas serão beneficiadas pela disseminação das ferramentas do projeto, 220 receberão apoio para melhorar a qualidade do produto e 315 especialistas serão treinados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.