BID reduz a 2,5% projeção de crescimento para América Latina

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) reduziu para 2,5 por cento sua estimativa de crescimento para a economia da América Latina em 2009, contra um número anterior de 3 por cento, devido à crise financeira global, disse na quinta-feira o presidente da instituição. "Estamos pensando em cerca de 2,5 (por cento) para o ano entrante", disse em entrevista à Reuters Luis Alberto Moreno, presidente do BID, durante a Cúpula Ibero-Americana em San Salvador. (Reportagem de Adriana Barrera)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.