BID teme volta de milhões à pobreza

AMÉRICA LATINA

, O Estadao de S.Paulo

31 Dezembro 2008 | 00h00

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) expressou ontem sua preocupação com as 40 milhões de pessoas que saíram da pobreza na América Latina nos últimos seis anos, quando a região cresceu, em média, 4,5% ao ano. A instituição teme que, em razão da crise, elas voltem ao estágio anterior. O BID projeta um crescimento entre 2% e 2,5% em 2009, considerado otimista se comparado aos números dos principais bancos privados do mundo. O banco disse também que espera ter um papel importante na expansão dos recursos a governos e empresas para o financiamento de investimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.