Divulgação
Divulgação

Bill Gates financia banheiro sem água que usa Sol para produzir fertilizante

Lançado na Índia neste sábado, Dia Mundial da Água, projeto é apresentado como alternativa para regiões carentes de água e esgoto

21 de março de 2014 | 16h12

SÃO PAULO - Pesquisadores da Universidade do Colorado desenvolveram um banheiro que não utiliza água no sistema de descarga.

A iniciativa foi financiada com US$ 770 mil da Fundação Bill e Melinda Gates e será apresentado em Nova Deli, neste sábado, 22, por ocasião do Dia Mundial da Água.

Idealizado para regiões sem saneamento, o banheiro com descarga a seco tem um sistema de captação de energia solar que esteriliza o material orgânico para produzir fertilizantes.

Os primeiros banheiros sem água serão instalados em áreas rurais da Índia. Karl Linden, um dos pesquisadores responsáveis pelo projeto, disse que o banheiro vai permitir economizar água e ainda ajudar a melhorar a produção agrícola de áreas pobres.

De acordo com um recente relatório do Banco Mundial, mais de 600 milhões de indianos não têm banheiro em casa, com graves consequências para o ambiente e a saúde pública. No mundo, são 2,5 bilhões de pessoas sem acesso à água.

 

Tudo o que sabemos sobre:
ÁguaBill Gates

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.