Bill Gates lidera a lista dos 793 bilionários do planeta

O fundador da Microsoft, Bill Gates, é pelo 12º ano consecutivo o homem mais rico do planeta, onde existem na atualidade 793 pessoas com mais de US$ 1 bilhão em suas contas, um recorde histórico registrado pela revista financeira "Forbes" que divulgou hoje a lista dos homens e mulheres mais ricos do planeta. Eles acumulam propriedades e investimentos no valor total de US$ 2,6 trilhões, 18% a mais que no ano passado.De acordo com este levantamento, o Brasil é o país com maior número de bilionários na América Latina. Há 16 brasileiros entre os mais ricos do mundo. Uma das novidades na lista é o brasileiro Constantino de Oliveira Júnior, presidente da Gol. Os outros brasileiros da lista são Joseph e Moise Safra (91º, US$ 5,2 bilhões), Aloysio de Andrade Faria (170º, US$ 3,2 bilhões), Jorge Paulo Lemann (413º, US$ 2,6 bilhões), Antonio Ermírio de Moraes e sua família (243º, US$ 2,5 bilhões), Júlio Bozano (413º, US$ 1,6 bilhão), Abílio Diniz e sua família (507º, 1,3 bilhão) e Marcel Telles (548º, 1,2 bilhão).Contudo, o primeiro colocado entre os latino-americanos é o empresário mexicano Carlos Slim, a terceira pessoa mais rica do planeta, com uma fortuna de US$ 30 bilhões, 25% a mais que no ano passado. Depois do Brasil, o país com mais bilionários na América Latina é o México (10). Completam o grupo dois chilenos, dois colombianos, dois venezuelanos e um argentino. "O último ano foi extraordinário. Na economia mundial ocorreram coisas muito positivas", disse hoje o diretor da revista, Steve Forbes, comentando a revalorização dos mercados, especialmente os de matérias-primas. Bill Gates, com uma fortuna de US$ 50 bilhões, se mantém como o imbatível número 1, seguido pelo financeiro Warren Buffet, com US$ 42 bilhões.NovidadesA maior parte dos bilionários deste ano já freqüentava a lista, embora haja importantes novidades. Entre elas, o britânico James Dyson, inventor do aspirador Dyson. Um dos casos mais curiosos é o do canadense Calvin Ayre, que ganhou US$ 1 bilhão com apostas ilegais pela Internet. Hoje ele desfruta de sua fortuna na Costa Rica, sem poder entrar nos Estados Unidos, onde seria detido.Evolução das economiasA análise da lista mostra a evolução de algumas economias, especialmente as emergentes, como a da Rússia, que este ano apresentou sete novos bilionários, chegando ao total de 33. Outros países, como a República Tcheca, entram pela primeira vez na lista, à qual volta, por exemplo, o Líbano de Hind Hariri, a filha do ex-primeiro ministro do país Rafik Hariri. Ele foi assassinado no ano passado, e sua herdeira é a mais jovem da lista, com 22 anos.Os fundadores do Google, Serguei Brin e Larry Page, de 32 e 33 anos, subiram posições graças à revalorização de sua empresa na bolsa, e ocupam os postos 26 e 27, com quase US$ 13 bilhões. No total, aparecem 49 países, mas 271 dos bilionários vêm dos EUA. Nova York é a cidade com mais magnatas por metro quadrado, seguida por Moscou e Londres.Apenas 78 mulheres na listaDos 793 membros da seleta lista de Forbes, 452 são pessoas que construíram suas fortunas do nada. Só 78 membros da lista são mulheres, 10 a mais que o ano passado. Uma das mais destacadas, que construiu seu império da nada, é a escritora J. K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", que ocupa o posto 746, com US$ 1 bilhão.Outra fortuna procedente do mundo do entretenimento é o do diretor de cinema George Lucas, autor da série "Guerra nas Estrelas", com US$ 3,5 bilhões, o que o situa no posto 194.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.