Bird aprova crédito para linha 4 do metrô de SP

O Banco Mundial (Bird) aprovou hoje um empréstimo de US$ 209 milhões para o Governo do Estado de São Paulo com o objetivo de financiar a construção da linha 4 do Metrô de São Paulo, informou um comunicado do organismo internacional. A Linha 4 ligará a rede suburbana de trens à rede do metrô, sendo importante também para integrar o sistema ferroviário com a rede de ônibus intermunicipais."A maior beneficiária do projeto será a população de baixa renda das áreas servidas pela Linha 4", afirmou o diretor do Bird para o Brasil, Vinod Thomas. Segundo o banco, a Linha 4 facilitará o transporte para as populações do Embu, Embu-Guaçu, Taboão da Serra e Itapecerica da Serra.O empréstimo de US$ 209 milhões terá vencimento em 15 anos com cinco anos de carência para o seu pagamento. O custo total do projeto da Linha 4 do Metrô é de US$ 933,9 milhões. O governo estadual participará com US$ 541,9 milhões e o setor privado, com US$ 183 milhões, para o financiamento total da obra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.